terça, 22 agosto 2017 14:22

BENEFÍCIOS COM INSTALAÇÃO DA CENTRAL DO CICLO COMBINADO DO SOYO

Os inúmeros benefícios que este projecto congrega, abrangem tanto a população do meio rural, como do meio urbano, desde a província do Zaire (567.225 hab. – Fonte INE 2014) onde se insere o projecto, estendendo-se a todo o território nacional (24,4 Milhões habitantes Fonte INE 2014), com particular destaque nesta fase aos habitantes das províncias do sistema norte, Luanda, Bengo, Kwanza Norte, Kwanza Sul, Uíge, Malange e Zaire;

Geração de emprego directo a 3280 técnicos Angolanos, dos quais 200 ex-militares envolvidos na construção da central, linhas, subestações e projecto de electrificação dos municípios;

  • Geração de emprego indireto;
  • Desenvolvimento do tecido industrial local;
  • Desenvolvimento da Indústria transformadora;
  • Desenvolvimento das infra-estruturas integradas;
  • Melhorias dos índices de qualidade e saúde da população;
  • Contributo para a diversificação da economia de Angola;
  • Aumentar e melhorar a qualidade do fornecimento eléctrico nacional;
  • Fortalecer a política de segurança energética do MINEA;
  • Optimizar a produção do CCCSI face ao investimento realizado;
  • Diminuir os custos convencionais para operar centrais térmicas;
  • Capacitação dos quadros para operação e gestão do empreendimento.

APOIO À DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA

  • Utilizar e rentabilizar os recursos energéticos nacionais;
  • Promoção do desenvolvimento do tecido Social, económico;
  • Promoção de emprego directo e indirecto e serviços associados;
  • Harmonizar o desenvolvimento territorial de modo equitativo e integrante das populações;
  • Promover a alavancagem do sector produtivo nacional;

OBRAS SOCIAIS EMPROL DO PROJECTO

Ao abrigo da responsabilidade social, o projecto contempla ainda a:

  • Construção de uma escola com 14 salas de aulas;
  • Construção de um posto de polícia;
  • Pacote de micro crédito no valor de USD 9 milhões para fomento de pequenos negócios e e criação de oportunidades para jovens empreendedores;
  • Oferta de 1000 kits de tratamento de água para a população do Município do Soyo.

Equipamentos Principais:

Com uma potência total de 750MW a instalar, sendo 500 MW para o ciclo simples com turbinas a gás e mais 250 MW com turbinas a vapor, perfazendo o ciclo combinado), a central tem os seguintes equipamentos principais:

  • 4 Turbinas a gás e respectivos alternadores, de 125 MW cada;
  • 4 Caldeira de recuperação de calor para geração de vapor;
  • 2 Turbina a vapor e respectivo alternador 125 MW;
  • Serviços auxiliares e sistemas associados;

Combustíveis:

O gás natural é o combustível principal, sendo que o Gasóleo será combustível alternativo para uso exclusivo, aquando de manutenção programada do gasoduto ou das instalações da fábrica de Gás Natural – Angola LNG.

Fonte:Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do MInistério da Energia e Águas - GCII - MINEA