sexta, 24 agosto 2012 09:22

O Presidente da República inaugura a Barragem Hidroeléctrica do Gove

PR_HUAMBO_2
O Presidente da RepÚblica inaugurou ontem, na comuna do Cuima, município da Caála, a barragem hidroeléctrica do Gove, que vai fornecer energia eléctrica a mais de quatro milhões de cidadãos das províncias do Huambo e Bié.
Considerado um dos maiores empreendimentos de engenharia da região nos Últimos 40 anos, a barragem do Gove tem capacidade instalada de 60 megawatts, divididos em três turbinas, de 20 megawatts cada e vem impulsionar o ressurgimento da rede industrial das duas províncias.
Acompanhado pela Primeira-dama, Ana Paula dos Santos, membros do Executivo e pelo governador do Huambo, Fernando Faustino Muteka, o Chefe de Estado era aguardado, à sua chegada àquele sector, por uma enorme moldura humana e autoridades tradicionais.
Antes do corte da fita, o Presidente da RepÚblica e a sua comitiva receberam explicações detalhadas do ministro da Energia e águas, João Baptista Borges, sobre as diferentes etapas da execução das obras da barragem.
As obras de reabilitação da barragem do Gove, que em mais de 40 anos sofreu inÚmeras sabotagens devido à guerra, estiveram a cargo do Gabinete para Administração da Bacia Hidrográfica do Cunene (GABHIC).
O director do GABHIC, Armindo da Silva, afirmou que o Executivo fez tudo para que a população do planalto central beneficiasse de energia de qualidade e garantiu que a barragem do Gove está dentro dos padrões hidráulicos estruturais internacionais e pode funcionar durante 100 anos sem qualquer tipo de problemas.
As obras da barragem do Gove custaram 270 mil milhões de kwanzas aos cofres do Estado e a sua entrada em funcionamento vai impulsionar o desenvolvimento económico e a recuperação do parque industrial da região, devastado pelo conflito armado.
Fonte: Centro de Documentação e Informação - CDI - MINEA
Modificado em sexta, 24 agosto 2012 09:34