segunda, 13 fevereiro 2012 05:12

Energia solar nas prioridades do Executivo

Ene_Solar
A Director Nacional de Energias Renovaveis, Sandra Cristóvão, explicou durante o worshop sobre a “Tecnologias Ambientais, realizada na passada sexta-feira, 27, em alusão ao dia nacional do Ambiente, que na sua instituição existe uma plataforma avançada sobre o estudo de sistemas solares.

A responsável do Ministério de Energia e Água referiu que a sua instituição planificou para o cumprimento do seu programa a criação de um centro de energias renováveis e instalar 142 sistemas solares foto voltaicos isolados, num total de 534,6 kilowatts.
Consta ainda do referido plano a instalação de 230 postes de iluminação em 30 localidades rurais já identificadas pelo seu pelouro. Os sistemas solares foto-voltaicos serão instalados em 36 escolas, 29 postos médicos, 9 postos policiais, 10 jangos comunitários e 48 residências administrativas. Sandra Cristóvão esclarece que “ o custo maior impede a maximização de energia solar, por isso a prioridade é para aquelas localidades aonde não existe energia eléctrica “.

Com esta aposta, de acordo com a directora de Energia e Águas, o sector quer contribuir para a melhoria de condições de educação e saúde das populações, considerando 2012 o ano internacional de energia sustentável para todos.

Ao dissertar sobre o tema “Energias Renováveis”, a funcionária sénior especificou que já usufruem da energia solar as províncias do Uíge, Luanda e Huíla, enquanto o Kuando Kubango, Malange e Bié possuem apenas os sistemas de fornecimento, mas ainda não se beneficiam deste bem.

O workshop sobre “Tecnologias Ambientais” decorreu no departamento de Arquitectura da Faculdade de Engenharia, em Luanda e contou com a presença de dezenas de professores universitários, estudantes, empresários e outros interessados na troca de experiência.

Foram analisadas no evento questões relacionadas com as energias renováveis, novas tecnologias na prevenção de incêndios, recolha e reciclagem de fluidos nos sectores de refrigeração e ar condicionado e o regulamento das substâncias que empobrecem a Camada de Ozono.
Fonte:Centro de Documentação e Informação - CDI - MINEA
Modificado em terça, 27 novembro 2012 16:53