sexta, 25 novembro 2011 06:30

Nota de Esclarecimento

albufeira
À luz do direito de resposta que a lei de imprensa nos consagra, pedimos que seja feita uma correcção na notícia divulgada ontem( 23.11.11)  pelo Jornal de Angola e que mereceu aproveitamento em quase todos os órgãos de comunicação social angolano estatal e privado.

O Ministério informa que houve uma má interpretação no pronunciamento feito por Sua Excelência Ministra da Energia e Águas, Emanuela Bernadett Afonso Vieira Lopes, aquando do encontro com os deputados da 5ª Comissão.

A ministra garantiu que as restrições de energia acabam em Dezembro, quando na verdade Sua Excelência, fazia alusão a normalização da albufeira da Central da Hidroeléctrica de Capanda e nunca o término das restrições no fornecimento de energia eléctrica em Luanda.

Para além dos trabalhos de manutenção, de acordo com a ministra, a Central Hidroeléctrica de Capanda “ enfrenta um ano seco”, em que as chuvas não se reflectem imediatamente na albufeira. “ Pensamos ter a normalização da albufeira de Capanda por volta do dia 10 de Dezembro ” indicou a ministra.

Por outro lado, gostaríamos de informar uma vez mais, que o défice energético no país e em Luanda em particular, só será melhorado com o cumprimento integral dos projectos já anunciados para o Sector de Energia, que serão implementados no Soyo, Cambambe, Laúca, Caculo Cabaça, e Keve/Ebo até 2016, que vão gerar uma potência de 5 mil MW.

Fonte: Centro de Documentação e Informação - CDI - MINEA
Modificado em sexta, 25 novembro 2011 06:41