quinta, 07 outubro 2010 13:09

Participantes ao Workshop defendem eficiência e fiabilidade dos serviços de abastecimento de água

water

Os participantes ao Workshop sobre Lançamento do Projecto de Desenvolvimento Institucional do Sector das Águas que decorreu de 5 à 6 de Outubro de 2010, no anfiteatro da EDEL, recomendaram, a recuperação urgente de alguns sistemas hidroeléctricos e o aumento de quadros para o ramo.


 
Falando à imprensa, no final do encontro de dois dias, o Director Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento, Lucrécio Costa, disse que essas preocupações não são extensivas a todas as províncias, mas as existentes estão ligadas à viabilidade, regularidade e segurança do fornecimento de energia eléctrica às estações de tratamento de águas.
 
“Denotou-se também a necessidade de chamar a tenção à sociedade para o uso racional da água e, consequentemente, o pagamento pelo consumo”, referiu o responsável.
 
Salientou que do orçamentado de 113 milhões e 200 mil dólares norte-americano investidos pelo governo, espera-se que boas empresas (em cinco ou sete anos) venham gerir os sistemas de águas.
 
Disse augurar que as mesmas ajudem a reabilitar parte significativa da rede hidrometria e a bacia do Kwanza, com os respectivos estudos dos planos geral de aproveitamento de recursos hídricos devidamente feito e validado.   
   
Disse ainda que um conjunto de exortações foram deixados pelos participantes, visando a boa operação e governação do abastecimento de água e saneamento.
 
O seminário teve por objectivo o desenvolvimento institucional do Sector, através de apoio para a criação de novas entidades, reabilitação da rede higrométrica nacional e acções de melhoria da sustentabilidade, eficiência e fiabilidade dos serviços de abastecimento de água e saneamento, em nove cidades-pilotos: Malanje, M'Banza Congo, Menongue, N'Dalantando, Huambo, Kuito, Lubango, Luena e Uíge.   
 

Modificado em quinta, 07 outubro 2010 13:14